SETEMBRO 2015 - NÚMERO 37    
Se não conseguir visualizar correctamente clique aqui

 
 
Noticias
 


XXXV CAP – Curso de Atualização de Professores de Geociências 2015

O XXXV CAP - Curso de Atualização de Professores de Geociências: Uma Terra, Várias Visões decorrerá nos dias 17 e 18 de Outubro de 2015 (Sábado e Domingo), no Centro Ciência Viva de Estremoz. Este curso irá combinar sessões teóricas e práticas, aproveitando o novo espaço do Centro Ciência Viva de Estremoz, o Observatório de Ciências da Terra, Professor Mariano Gago que permite visualizar uma série de processos geológicos projetados numa esfera com cerca de 2 metros de diâmetro.

As sessões teóricas abordarão conceitos como a interação entre os ciclos tectónico e das rochas, a sismologia e a historia das ciências, a génese dos recursos geológicos e o seu consumo ou a evolução da Vida e da Terra. Nas sessões práticas os participantes terão a possibilidade de explorar conceitos como a cartografia geológica, modelação análoga de estruturas geológicas, a prospeção geológica ou, perceber a 3D a evolução geológica de Portugal no contexto da evolução das placas tectónicas.

O XXXV CAP destina-se aos docentes dos grupos de recrutamento 230 (matemática e ciências da natureza), 520 (biologia e geologia) e 420 (geografia), entre outros, a outros grupos profissionais e ao público em geral.

MAIS INFO [+]

Website

 

 


Ciência Viva no Verão 2015

Entre 15 de julho e 15 de setembro realizou-se uma nova edição da Ciência Viva no Verão, este ano em parceria com a Rede de Centros Ciência Viva. Os interessados em participar nestas atividades tiveram à escolha milhares de ações gratuitas para todas as idades e em todo o país, sempre na companhia de especialistas.

Com esta iniciativa pretende-se promover a cultura científica através de um forte enraizamento na sociedade portuguesa e no território nacional, a partir de colaborações enriquecidas pela diversidade própria dos Centros Ciência Viva como focos de contacto entre os cidadãos, a ciência, a tecnologia e a inovação.

À semelhança de edições anteriores, a APG, em parceria com o Centro Ciência Viva do Lousal, promoveu ações de divulgação científica no âmbito deste Programa.

A APG disponibilizou já algumas fotografias das ações realizadas neste verão.

Consulte
aqui os álbuns de fotografias da página Facebook da Associação Portuguesa de Geólogos para aceder a uma seleção de fotografias das várias ações de divulgação realizadas no âmbito do programa Ciência Viva no Verão em Rede 2015

MAIS INFO [+]

 

 
 
 


Portugal vence as Olimpíadas Internacionais de Ciências da Terra

É com enorme orgulho que informamos o grande feito alcançado pelos jovens representantes de Portugal nas 9º Olimpíadas Internacionais de Ciências da Terra (International Earth Sciences Olympiads – IESO 2015).

Portugal não só conseguiu arrecadar a medalha de ouro, como também a de bronze e uma série de outros prémios e menções honrosas.

As Olimpíadas decorreram na cidade de Poços de Caldas, Minas Gerais, Brasil, entre os dias 13 e 20 de Setembro de 2015. A comitiva foi constituída pelos alunos
Carolina Esteves, José Pedro Carvalho e Vasco Esteves e pelos seus mentores Professor Jorge Relvas e o Dr. Álvaro Pinto, ambos docentes na faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa.

Esta foi a primeira vez que alunos portugueses participaram nas IESO. É de referir que as matérias de avaliação diferem, em grande parte, das dos programas nacionais das disciplinas de Biologia e Geologia do 10º e 11º ano português. Na competição das IESO 2015 foram incorporados conteúdos das Ciências Planetárias, Geofísicas, Oceanográficas e Ciências da Atmosfera, que não constam no programa leccionado nesses dois anos. Para tal, os 3 alunos tiveram de receber uma preparação complementar nestas áreas do conhecimento.

Nesta edição das Olimpíadas
Internacionais de Ciências da Terra participaram 85 estudantes do ensino secundário de 28 países de todos os continentes. É de felicitar não só estes brilhantes jovens, como a organização da 1º Olimpíada Portuguesa de Geologia, que contou, na fase escolar, com a participação de mais de 2500 alunos.

MAIS INFO [+]


http://www.ieso-info.org/next-ieso


http://www.socgeol.org/


 

 


Treme-treme

É português e foi desenvolvido por uma equipa de investigadores do Instituto Superior Técnico de Lisboa. O “Treme-Treme” é um jogo online, que tem como público alvo crianças entre os sete e os nove anos de idade, mas não deixa de ser uma lição sobre risco sísmico para os adultos.

É um jogo educativo que está disponível para qualquer pessoa, sendo este gratuito. O “Treme-Treme” resulta da participação do IST num projeto de investigação científica da Comissão Europeia que terminou em 2013. É um jogo que educa as crianças, de modo a estas perceberem o que fazer durante e depois de um sismo. Experimente, aprender nunca foi tão divertido.


MAIS INFO [+]

 

 


Notícias do Parlamento Europeu

Eurodeputados apelam à igualdade de gênero e a uma educação gratuita e de qualidade

É importante viver e edificar uma sociedade em que todos nós, homens e mulheres, detenham os mesmos direitos. As medidas de igualdade de gênero devem ser aplicadas a todos os níveis socioculturais, nomeadamente no sistema de ensino. O principal objetivo é acabar com os estereótipos de gênero e ajudar a fechar a lacuna entre a educação das mulheres e o seu desenvolvimento profissional.

Os Eurodeputados ainda apelam a um maior investimento, sociopolítico, de modo a garantir que todos possam beneficiar de uma educação pública e de qualidade. Atualmente as mulheres constituem 60% dos diplomas do ensino superior em toda a Europa, mas em relação a postos de trabalho em áreas como a ciência, tecnologia, engenharia ou mesmo matemática essa percentagem continua ainda muito reduzida. Para tal, os Eurodeputados exigem medidas “drásticas” de igualdade e de acesso tanto ao ensino como ao mercado de trabalho.  Estes ainda referem, que a educação de género deve fazer parte dos programas curriculares as escolas. Chega de manuais discriminatórios, é necessário criar e promover uma educação livre de estereótipos, gratuita e de qualidade.


MAIS INFO [+]

Eficiência de recursos ambientais e energéticos – Concurso 2016-2017

Se procura uma oportunidade de financiamento para 2016 a Horizonte 2020 irá organizar no dia 14 de Outubro uma sessão de divulgação das oportunidades de financiamento de I&I nos Desafios Societais Energia (DS3), Transportes (DS4) e Ação Climática (DS5). Poderá fazer a sua inscrição através de um formulário que se encontra disponível no site do GPPQ. O evento decorrerá na Universidade do Minho, Campus de Azurém, Guimarães, durante a tarde.

Não perca esta oportunidade, é uma sessão gratuita, mas requer inscrição obrigatória.


MAIS INFO [+]

 

 


3ª reunião Anual da Parceria Europeia de Inovação (EIP) para as Matérias-Primas e Brokerage Event centrado nos tópicos a concurso no Horizonte 2020

Está a chegar a 3ª reunião Anual da Parceria Europeia de Inovação (EIP) para as Matérias-Primas sobre matérias-primas, que será realizada nos dias 9 e 10 de Dezembro de 2015, em Bruxelas, juntamente com o evento Brokerage Event centrado nos tópicos a concurso no Horizonte 2020.

Na sequência da adoção em Setembro de 2013 do Plano Estratégico de Implementação (SIP), foi iniciado em 2014 o primeiro conjunto de 80 compromissos por mais de 700 empresas, organismos públicos, institutos de investigação, organizações não-governamentais e outros intervenientes europeus. Os parceiros comprometeram-se a contribuir de alguma forma para fomentar a inovação tecnológica e não tecnológica nas cadeias de valor de matérias-primas metálicas, minerais e florestais europeias. Em paralelo, as primeiras chamadas do Horizonte 2020 específicas para matérias-primas, com financiamento comunitário global de €140 milhões, foram abertas em 2014 e 2015.

Em breve o programa estará disponível no site da organização.

Em caso de dúvida contacte a EIP através do seguinte email:
EIPtechsecr@cecoforma.be.


MAIS INFO [+]


http://www.gppq.fct.pt/h2020/h2020.php


http://ec.europa.eu/research/innovation-union/index_en.cfm?pg=eip

 

 


Federação Europeia de Geólogos

 

 


Professor José Martins de Carvalho premiado com a Medalha de Mérito da FEG

Na reunião de junho realizada em Newcastle, o Conselho da FEG aprovou unanimemente a atribuição da Medalha de Mérito 2015/2016 ao Professor José Martins de Carvalho.

O Professor José Martins de Carvalho foi delegado da FEG entre 1978 e 1989, tendo sido um delegado fundamental para a construção da estrutura básica da FEG, através dos seus estatutos, regulamentos, Código Deontológico (Ética), etc. Em particular, foi um ativo e dedicado
Secretary-Treasurer da Federação entre 1983 a 1986.

A APG enche-se de orgulho e congratula o colega e amigo José Martins de Carvalho por este merecido prémio.

 

 


INTRAW - Fostering international cooperation on raw materials

O projeto INTRAW foi iniciado em fevereiro de 2015 sob a coordenação da FEG para promover a cooperação internacional na área das matérias-primas.

Este projeto, que terá a duração de 3 anos, tem como principal objetivo mapear as boas práticas e desenvolver novas oportunidades de cooperação entre a EU e os países tecnologicamente avançados como a Austrália, o Canadá, o Japão, a África do Sul e os Estados Unidos, em resposta a desafios globais semelhantes.

As Associações Nacionais pertencentes à FEG envolvidas no projeto têm um papel fulcral, uma vez que serão as promotoras, nos seus países, da comunicação e da cooperação entre diversas instituições e
stakeholders individuais com interesse nas matérias-primas minerais.

A segunda reunião do consórcio e o primeiro workshop, onde estiveram envolvidos os Paineis de Especialistas, teve lugar em Bled, na Eslovénia, entre os dias 14 e 17 de setembro de 2015. Este workshop interativo teve como objetivo rever os relatórios, dos países envolvidos, relacionados com investigação e inovação, políticas e licenciamentos relacionados com matérias-primas, educação e outros tópicos relevantes para os países de referência, identificar lacunas nos relatórios de cada país e discutir formas possíveis de preencher essas lacunas. Os Paineis de Especialistas terão como função, ajudar a melhorar os resultados de cada tarefa do projeto e irão abrir caminhos de dissiminação alternativos. O workshop teve, igualmente, como objetivo facilitar o diálogo do consórcio do projeto com outros atores internacionais interessados nesta temática.


MAIS INFO [+]

Press-release


Brochure


Website


LinkedIn


Twitter

 

 


KINDRA - Knowledge Inventory for hydrogeology research

O objetivo principal do projeto KINDRA é armazenar o conhecimento prático e científico europeu atual sobre investigação e inovação em hidrogeologia com a ajuda de um inventário onde serão considerados resultados de investigação, atividades, projetos e programa. Este inventário permitirá identificar desafios críticos em termos de investigação e lacunas, visando evitar sobreposições.

O primeiro workshop com o Painel de Especialistas teve lugar em Roma, nos dias 26 e 27 de março de 2015.

O KINDRA prevê a organização de três workshops estruturados com o Painel de Especialistas, durante a duração do projeto. Os especialistas irão providenciar forte apoio científico e ajudar na aproximação aos grupos com interesse no projeto. Neste primeiro workshop foi dada uma visão global acerca dos objetivos do projeto e as atividades que serão desenvolvidas. Foram analisados e discutidos profundamente o desenvolvimento de uma metodologia estruturada e o plano de dissiminação e comunicação.

Durante este período, o consórcio preparou um relatório sobre as necessidades e requisitos dos potenciais beneficiários do projeto. Os resultados confirmaram o interesse nas atividades previstas no KINDRA, dando informação útil para um desenvolvimento proveitoso do projeto.

Uma das principais atividades do KINDRA é realizar uma avaliação ao nível europeu do conhecimento prático e científico existente, relacionado com a água subterrânea com foco nas atividades científicas internacionais (de dimensão europeia), nacionais e regionais. A recolha e avaliação dos dados será implementada com a ajuda das Associações Nacionais, membros da FEG e com base nesses dados será desenvolvido um Inventário Europeu de Investigação em Água Subterrânea (“European Inventory of Groundwater Research - EIGR”), na forma de um serviço em rede.

Antes da recolha dos dados, deverá ser clarificada a respetiva fonte de informação. Por esta razão, foi desenvolvido um inventário de fontes de informação, considerando projetos nacionais e internacionais, documentos, bases de dados, iniciativas, relatórios e publicações científicas. Estes dados foram agrupados através de um inquérito em colaboração com as Associações Nacionais da FEG, em 20 países europeus.


MAIS INFO [+]

 

 


MINATURA 2020 - Mineral Deposits of Public Importance

O MINATURA 2020 é um projeto com a duração de 3 anos, financiado pela União Europeia, e que reúne um consórcio internacional de 24 parceiros. O objetivo geral do MINATURA 2020 é desenvolver um conceito e uma metodologia para a definição e subsequente proteção dos “depósitos minerais de importância pública” de forma a assegurar a sua “melhor utilização” no futuro. O projeto pretende ajudar a providenciar uma Estratégia

Europeia Regulamentar, Diretiva e Política que assente no “princípio da sustentabilidade”.

Será dado um ênfase particular à aplicação pan-Europeia do projeto e ao estabelecimento de sinergias. O consórcio pretende, assim, incluir o máximo de países europeus possível nas suas deliberações. Neste sentido, serão organizados, em vários países europeus, workshops com potenciais interessados. Este workshops decorrerão durante o próximo ano e terão como objetivo a recolha de inputs relacionados com o tópico “Depósitos Minerais de Importância Pública”.

A FEG está envolvida na criação do Conselho de
Stakeholders e lidera a tarefa da dissiminação dos resultados.

MAIS INFO [+]

 

 


¡VAMOS! - Viable Alternative Mine Operating System

O projeto iVAMOS! tem como objetivo desenhar e construir um protótipo robotizado para ser utilizado na exploração mineira subaquática. Este protótipo terá associado um equipamento de lançamento e de recuperação e será usado para a realização de testes no terreno em quatro minas europeias.

A FEG apoia o consórcio do projeto através de um compromisso entre stakeholders e de atividades de dissiminação. Durante o workshop “Mining in a crowded country”, que decorreu em Newcastle nos dias 11 e 12 de junho deste ano, e que teve a organização conjunta da Sociedade Geológica de Londres e da FEG, foi realizada, no primeiro dia,  uma apresentação sobre o iVAMOS!, dirigida a diversos
stakeholders do setor industrial, do setor académico e das associações profissionais de toda a Europa. No âmbito deste workshop, foi organizada uma visita às instalações da empresa SMD - Soil Machine Dynamics Ldt., onde foram discutidos os desafios tecnológicos para adaptar as tecnologias mineiras usadas nos fundos oceânicos a explorações mineiras a céu aberto atualmente submersas.

MAIS INFO [+]

Press Release

 

 


Clipping de notícias

Vila do Bispo rasga arriba fóssil com 250 milhões de anos para facilitar acesso à praia

Gender equity in dino bones

Injection experiment offers new view of fluid-filled faults

Closing a gap in the tetrapod fossil record

Plutão, como se estivéssemos lá

As primeiras flores de Portugal são (também) as primeiras flores da Terra

Geoglifos na Rondônia

Bem-vindo, Homo naledi!

 

 
 
 

APG

 
 03 e 04 outubro, 2015
XXXV CAP - Curso de Atualização de Professores de Geociências
Estremoz, Portugal
MAIS INFO [+]

 

 

Outras Entidades

 
 15 e 17 outubro, 2015
ECCS 2015 - II European Conference on Curriculum Studies "Curriculum Studies: policies, perspectives and practices"

MAIS INFO [+]

 
 03 a 05 novembro, 2015
10th Fennoscandian Exploration and Mining

MAIS INFO [+]

 
 06 e 07 novembro, 2015
VIII Seminário de Recursos Geológicos, Ambiente e Ordenamento do Território
Vila Real, UTAD, Portugal
MAIS INFO ,[+]

 
 25 a 27 novembro, 2015
XXI Simpósio Brasileiro de Recursos Hídricos-SBRH/12ª edição do SILUSBA

MAIS INFO [+]

 

 
 
Internacional
   

 
Ofertas Ativas

Consulte as ofertas de emprego aqui.
 

 

 
Mais Ofertas em:
   
 
Naturlink
MAIS INFO [+]
 
   
 
EFG Website
MAIS INFO [+]
 
   
 
Earthworks-jobs.com
MAIS INFO [+]
 
   
 
GeologistJobs.com
MAIS INFO [+]
 
   
 
HunterPersonnel.com
MAIS INFO [+]
 
   
 
Seleção Engenharia
MAIS INFO [+]
 
   
 
NOTA:

Os eventos, as ofertas de emprego ou outras atividades divulgadas pela Associação Portuguesa de Geólogos são da inteira responsabilidade da entidade promotora.

 
   
   
 
ENDEREÇO POSTAL
Apartado 2109 1103-001 Lisboa Portugal
Telefone: +351 213 477 695
Fax: +351 213 429 285
Correio electrónico: info@apgeologos.pt
MORADA SOCIAL
Museu Geológico
Rua da Academia das Ciências,
nº19 - 2º - 1200 Lisboa
http://www.apgeologos.pt/
Blog apgeologos.wordpress.com
  facebook twitter you tube